VolanteSIC
Fechar

Os meus Carros

Comparações guardadas

Sem comparações guardadas

Sem carros recentes

Página principalNotíciasDicas
Partilhar

Os 3 carros elétricos mais baratos de 2017

Apesar do preço continuar a ser um dos principais obstáculos para a democratização dos elétricos, apresentamos os 3 mais acessíveis.

O preço continua a ser um dos principais obstáculos para a democratização dos elétricos, cuja tecnologia permanece dispendiosa. No entanto, algumas marcas optam por posicionar as opções elétricas lado a lado com os blocos a combustão do mesmo modelo.

Concorrência dos carros elétricos

A maior concorrência no caso dos elétricos não está nos restantes elétricos, mas sim nos modelos com propulsores a combustão, pela diferença de autonomia e pela discrepância no que ao preço diz respeito. Por isso, há fabricantes que começam a equacionar propor o mesmo carro com distintas motorizações (elétrica e outras) a valores aproximados. A ideia passa por perceber que, quando um cliente entra num concessionário, está determinado a adquirir um modelo a combustão. E se a proposta elétrica não for muito mais cara do que a gasolina ou diesel, então cada vez mais pessoas irão preferir o modelo menos poluente.

Mas, mesmo tendo em conta todas estas particularidades, não se encontram propostas de elétricos abaixo dos 20 mil euros, exceto o Renault Twizy, entre 7690€ e 8710€ - mas o Twizy, apesar de se apresentar como um automóvel, tem a aparência de um motociclo com quatro rodas e está proibido de circular em autoestradas, por isso exclui-se da lista que se segue e que elege os campeões que ocupam o pódio da economia entre os elétricos, sem contabilizar o subsídio de aquisição (2250€ para as primeiras mil aquisições, limitadas a uma unidade para particulares e cinco para empresas) e campanhas ocasionais.

A qualquer custo de aquisição há que somar o aluguer mensal das baterias - algumas marcas optam por propor a compra das mesmas, mas este extra inflaciona o valor do carro em mais de cerca de 5000€.

Smart fortwo coupe electric Drive, a partir de 22.494€

Smart fortwo coupe electric Drive

As autonomias anunciadas são de 160 quilómetros, com a velocidade máxima limitada eletronicamente a 130 km/h. Face ao modelo que vem substituir, o novo Smart fortwo electric drive viu aumentada tanto a potência (60 kW ou 82 cv) como a autonomia, sem necessidade de fazer as baterias crescer em espaço e em peso. Já o tempo de carga foi reduzido: sete horas numa tomada doméstica e menos de quatro se adquirida uma wallbox. Entre os opcionais, uma ligação de 22 kW que admite a recuperação de até 80% da bateria recorrendo a corrente trifásica.

Renault Zoe, a partir de 22.710€

Renault Zoe

A versão mais recente do Renault Zoe com autonomia alargada (400 quilómetros é a marca oficial, embora o fabricante francês reduza para cerca de 300 a autonomia real), pode ser uma boa opção para quem procura um veículo elétrico com uma maior capacidade de deslocação. Por dentro, tem a habitabilidade de um utilitário de cinco lugares e uma bagageira correspondente.

Mitsubishi i-Miev, a partir de 26.000€

Mitsubishi i-Miev

Um utilitário de cinco portas e quatro lugares com já quase uma década de existência (começou a ser produzido em 2009) e que já vai na segunda geração, contabilizando mais de 50 mil unidades vendidas em todo o mundo. Com uma autonomia de 160 quilómetros, está limitado a uma velocidade de 130 km/h, acelerando dos 0 aos 100 km/h em 15,9 segundos. Entre o equipamento de série está o cabo de recarga padrão com CCID e a ligação para carga rápida. O carregamento total numa tomada doméstica demora oito horas.

Partilhar

Artigos Recentes

PUB
PUB

Descubra já o preço do seu carro novo ou usado

  • Citadino

  • Utilitário

  • Sedan

  • Carrinha

  • Monovolume

  • SUV/TT

  • Desportivo/Coupé

  • Cabrio

  • Luxo

  • Híbrido/Eléctrico

PUB

Encontre o Seu Próximo Automóvel

Procurar