VolanteSIC
Fechar

Os meus Carros

Comparações guardadas

Sem comparações guardadas

Sem carros recentes

Página principalNotíciasEnsaios
Partilhar

Ensaio Compass: um Jeep dos pés à cabeça

O Jeep Compass regressa com uma imagem renovada, um habitáculo espaçoso e toda a qualidade, equipamento e dinâmica a que a marca sempre nos habituou.

Além de uma estética renovada, o novo Jeep Compass acrescenta a mais-valia competitiva de ser dos únicos da sua espécie a oferecer reais capacidades para esgravatar na lama...

Opinião geral KBB

Posicionando-se entre o Renegade e o Cherokee, o novo Compass chega ao portefólio da Jeep com uma dupla missão: substituir o seu modelo antecessor e fazer as vezes do Patriot, que saiu de cena de “fininho” e sem sucessor. Mais comprido 12,2 cm do que o Renegade, do segmento inferior (B), o Compass acrescenta uns significativos 8 cm de espaço para as pernas no banco posterior, confirmando-se bem aproveitadas as dimensões generosas da carroçaria, com 4,4 metros de comprimento, e da distância entre eixos de 2,640 metros. A fita métrica diz-nos que está “colado” às referências Nissan Qashqai e Peugeot 3008. Boas notícias, a que se somam uma bagageira com capacidade de tamanho familiar (438 litros), que pode crescer até aos 1251 litros com todos os encostos rebatidos.

Jeep Compass verde

Vai gostar deste carro se...

É fã da icónica marca norte-americana e não abdica da sensação de liberdade de conduzir um automóvel que não o vai deixar ficar mal se decidir atalhar por um qualquer estradão de terra ou trilho mais acidentado.

Pode não gostar deste carro se…

Tem um ouvido cada vez mais sensível no que respeita a motores? O Diesel de 120 cv tem o músculo necessário para um desempenho correto, mas pedia-se um funcionamento mais suave e menos ruidoso. Numa altura em que os bons motores a gasolina e as suaves motorizações híbridas ganham terreno, o 1.6 Multijet do Compass destoa.

Condução

Jeep Compass caixa automática

O Compass está baseado numa variante da arquitetura técnica do Fiat 500X, mas trabalhada para se tornar praticamente irreconhecível, exibindo uma condução com um feeling e uma robustez muito superiores. Sobre as qualidades em fora de estrada já falámos, mas saiba que, em asfalto, o Compass surpreende pelo equilíbrio, sendo sem dúvida o modelo da Jeep que mais se aproxima do compromisso ideal entre conforto e eficácia em curva. Claro que, acelerando-se o ritmo, o novo SUV do fabricante norte-americano perde alguma agilidade, não havendo como contrariar a Física algo desfavorável a estes tipos de automóveis com uma altura ao solo mais generosa. Por outro lado, esta mesma altura, permite-lhe arriscar algumas aventuras fora do asfalto, onde os concorrentes mais diretos vacilam.

Características favoritas

Sistema Jeep Uconnect

Tradicional na imagem tipicamente Jeep, mas moderno no “recheio”. Prova disso o sistema Uconnect, com opções de chamadas telefónicas ou envio de textos com mãos livres e rádio incorporado que lhe permitem emissões de rádio pela Internet através da Transmissão de Áudio via Bluetooth.

Jeep Compass branco

Ângulos específicos

Nas versões mais orientadas para o todo o terreno, o Compass tem as melhores credenciais da categoria: 21,6 centímetros na distância ao solo e ótimos ângulos de ataque (30 graus), ventral (24,4 graus) e de saída (33,6 graus).

Estética

Jeep Compass teto de abrir

O novo Jeep Compass tem a imagem atual SUV dos tempos modernos, sem perder alguns dos icónicos elementos de estilo da marca, como a grelha tradicional de seis barras verticais ou as linhas “quadradonas” que lhe dão aquela imagem de jipe mais “durinho”. Contudo, são as próprias linhas que privilegiam a forma, em detrimento da função, o que prejudica a aerodinâmica e os consumos em autoestrada, causando também silvos aerodinâmicos a velocidades de cruzeiro mais elevadas.

Equipamento de série

Jeep Compass interior

O Compass está disponível em três níveis de equipamento; Sport, Longitude e Limited. O mais equipado já inclui de série elementos como bancos dianteiros e traseiros em tecido e em pele, faróis LED, aviso de colisão frontal e de transposição de faixa de rodagem, jantes em liga leve de 18", sensores de estacionamento traseiros, de chuva e luz. Na lista de extras, destacamos a pintura bicolor, por 1400€, e um modernaço Pack Infotainment, que não é barato (1400€), mas inclui equipamentos de luxo, como o sistema de som da Beats e a versão de topo do sistema multimédia Uconnect Rádio 8,4” NAV. O Pack Visibility (900€) inclui luzes de cortesia dos espelhos e faróis de xénon e com sistema de máximos automáticos.

Por baixo do capot

O Diesel 1.6 Multijet, com 120 cv (Preço Justo KBB - 26.760€), mostra alguma dificuldade para manter andamentos muito despachados e a caixa com engrenagem lenta e cursor impreciso também não ajuda... Ou seja, a mecânica, de origem Fiat, debita energia suficiente para um desempenho correto em todos os ambientes rodoviários, da cidade à autoestrada, sem deslumbrar. É o típico Diesel que “pede” condução entre as 1800 e as 4000 rpm. E também não é paradigma em frugalidade de consumo na sua categoria: com bons modos no acelerador, o gasto médio oscila entre 7 e 7,5 l/100 km. Se lhe interessa o Compass, não deixe de experimentar o motor a gasolina 1.4 MultiAir (Preço Justo KBB - 24.301€) que, com 140 cv, não é gastador e as prestações recomendam-se.

Partilhar

Artigos Recentes

PUB
PUB

Descubra já o preço do seu carro novo ou usado

  • Citadino

  • Utilitário

  • Sedan

  • Carrinha

  • Monovolume

  • SUV/TT

  • Desportivo/Coupé

  • Cabrio

  • Luxo

  • Híbrido/Eléctrico

PUB

Encontre o Seu Próximo Automóvel

Procurar