VolanteSIC
Fechar

Os meus Carros

Comparações guardadas

Sem comparações guardadas

Sem carros recentes

Página principalNotíciasDicas
Partilhar

Serão os motores de 3 cilindros o futuro?

Os motores de três cilindros estão a ganhar terreno em todo os segmentos, como forma de manter consumos e emissões baixas sem limitar as prestações.

Exemplo da nova geração de motores de três cilindros, que se anteveem dominantes, pelo menos na próxima década, é a premiada gama EcoBoost da Ford, a gasolina, com injeção direta e turbo, tão versátil que o construtor vai em breve disponibilizá-lo no seu "hot hatch", o vindouro Fiesta ST, com uma potência anunciada de 200 cv.

É verdade que este tipo de arquitetura ainda tem problemas de imagem, com a sua sonoridade que pode parecer de um aspirador doméstico e um trabalhar algo descompassado. De tal forma que muitos fabricantes preferem nem falar de cilindros, sublinhando antes os ótimos valores de potência e binário que conseguem extrair destas novas mecânicas, seja através do recurso a sistemas de sobrealimentação ou a mais modernas tecnologias de propulsão híbridas. Aqui ficam bons exemplos:

BMW i8

Motor 3 cilindros BMW i8

Claramente a escolha óbvia. Verdadeiro embaixador da causa das mecânicas com "três em linha". O design vincadamente racing anuncia credenciais de superdesportivo, mas sob o capot, em associação ao módulo elétrico, está um pequeno motor a gasolina de apenas 3 cilindros e 1.5 litros de capacidade. O que não lhe trava o ímpeto: faz 0 a 100 km/h em apenas 4,4 segundos!

Volkswagen Up GTi

Motor 3 cilindros Volkswagen Up GTi

Está a ver o simpático e acessível citadino da Volkswagen? Pois, a marca alemã equipou-o com o motor 1.0 turbo de três cilindros com 113 cv e 200 Nm de binário, que promete transfigurar o pequeno citadino num minidesportivo capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 8,8 segundos e atingir uma velocidade máxima de 196 km/h.

Honda S660

Este, com muita pena nossa, dificilmente lhe metemos as mãos... O pequeno Honda é o típico "kei car" japonês, que homenageia o roadster S500 de 1963. O bloco de três cilindros com apenas 0.66 litros (para cumprir as exigentes restrições do mercado nipónico) rende 64 cv e 104 Nm, o que aliado ao seu baixo peso (cerca de 800 kg) permite um comportamento muito mais desportivo do que aquilo que imaginamos.

Partilhar

Artigos Recentes

PUB
PUB

Descubra já o preço do seu carro novo ou usado

  • Citadino

  • Utilitário

  • Sedan

  • Carrinha

  • Monovolume

  • SUV/TT

  • Desportivo/Coupé

  • Cabrio

  • Luxo

  • Híbrido/Eléctrico

PUB

Encontre o Seu Próximo Automóvel

Procurar